Cuidados com o Pomar      Podas e Capinas      Desbrotas e desbastes      Técnicas após plantio      Melhorar a plantação-Irrigação-Formação
    


Informações:

FASE APÓS O PLANTIO
Cuidados após o plantio:
É fundamental, para dar vida longa ao pomar, após o plantio, as tarefas de tratos e práticas culturais, para que o pomar renda uma boa produção e frutos de ótima qualidade.
Em geral, os 3 e 4 primeiros anos são tidos como "de formação". Depois, entra na fase de produção, porém, as mudas enxertadas podem produzir 6 meses após o plantio.
Veremos as principais atividades na condução de um pomar:
Irrigação: Apesar do plantio em período chuvoso, a ocorrência de veranicos obriga a irrigação uma vez por semana, nos primeiros 45 dias pós-plantio, colocar, por vez, 30 litros de água por muda.
Capinas: Manter limpa a rua de plantio ou fazer o coroamento manual com enxada em torno das plantas (projeção da copa). Entre ruas, o mato deve ser roçado ou ceifado, ou também, utilizar herbicidas desde que siga as recomendações específicas.
Desbrotas: A porção do caule entre o colo da planta situado ao nível do solo até a abertura da copa (40 a 50 cm do solo) deve ser desbrotada periodicamente.
Podas: Diversos tipos de podas são recomendados como as de formação, frutificação e limpeza. Geralmente são realizadas no período de julho e agosto de cada ano.
Desbaste de frutos: Nos dois primeiros anos, não deixar muitos frutos, apenas uma amostra entre 10 e 15 frutos por planta. Algumas variedades, em fase de produção, necessitam de desbaste ou raleio de frutos, melhorando o tamanho e a qualidade em geral.
Adubação: Todos os anos, retirar amostras do solo em duas posições (próximo das plantas e entre ruas), a 0-20 cm de profundidade. Os resultados vão definir as adubações incluindo a calagem para o pomar. Estas, são realizadas pelo menos 3 vezes ao ano, no ínicio, meio e final do período de chuvas.
Controle de doenças e pragas: Doenças e pragas que atacam as fruteiras é muito, precisando fazer vistorias periódicas. O controle só é possível seguindo-se corretamente as orientações técnicas. As doenças e pragas poderão ser reduzidas ou eliminadas, como consequencia reduzir o uso de defensivos mantendo o pomar limpo e bem adubado.
Práticas especiais: São grandes as práticas especiais, que poderão ser feitas com o objetivo de melhorar a produção, qualidade dos frutos, entressafra, etc, tais como, uso de reguladores de crescimento (para aumentar o tamanho), forçar brotações, florescimento, quebrar a dormência, etc.