Camu-Camu      Camu-Camu      Camu-Camu      Camu-Camu      Camu-Camu      Camu-Camu      Camu-Camu
    
    

CAMU-CAMU:


Informações:

CAMU-CAMU

CAMU-CAMU: Na América do Sul: Camu-Camu; Araçá d'água; Cacari; Guaybito. Na América do Norte e Europa: Rumberry e Camu plus.

O Camu-Camu comparado com a laranja, possui 10 vezes mais ferro e 50% a mais de fósforo.
Por conter alto teor de ácido ascórbico e ácido cítrico é um forte antioxidante e coadjuvante na eliminação de radicais livres, proporcionando retardamento no envelhecimento.

Pesquisas feitas por médicos norte americanos constataram que a ingestão diária de 1 grama de Camu-Camu liofilizado em pó e em jejum, em até 2 horas elimina todos os sintomas de depressão, ansiedade e alterações de humor.
O Camu-Camu propaga-se por sementes, que logo após sua extração devem ser lavadas e plantadas, pois não toleram perdas de umidade.

As sementes podem ser plantadas em areia, terriço ou serragem semi-curtida. Quando as mudas atingirem 8 cm de altura, estas devem ser replantadas para sacos pretos de polietileno, contendo uma mistura de 3 a 5 partes de terriço para um de esterco animal, bem curtido.
Após atingirem entre 8 à 12 meses de idade, podem ser levadas ao compo definitivo. Preferencialmente usar enxertias.
Os frutos de Camu-Camu são globosos, 10 à 32 mm de diâmetro, coloração vermelha ou rósea e roxo escuro no estágio final de maturação.

A grande importância do Camu-Camu como alimento é devido ao seu elevado teor de vitamina C.
O uso diário de Camu-Camu fortalece o sistema imunológico; promove vitalidade das pessoas com deficiências orgânicas; fortalece o sistema nervoso; apóia a formação de células brancas do sangue; promove a desintoxicação do organismo especialmente do fígado; estimula o sistema cardíaco, circulatório e respiratório.

Para se fazer o suco é recomendável tirar as sementes para que o sabor não fique um pouco amargo.


Não tome nenhum medicamento, mesmo que natural, sem antes consultar um médico.


Voltar para Frutas Exóticas


Subir

PARA VOLTAR Á PÁGINA PRINCIPAL:  Frutas do Brasil