Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z
    
    

Ervas Medicinais:


Informações:

ERVAS MEDICINAIS DE A a Z

Ervas Medicinais de A a Z:



ABACATEIRO: Nome científico: "Persea Gratíssima"
Rico em vitaminas e proteínas, é diurético, combate a gota, o ácido úrico e elimina cálculos renais e biliares. É preferível usar as folhas secas, pois as verdes são estimulantes e aumentam as palpitações cardíacas. A massa do abacate é fortificante dos cabelos e tem alto poder cicatrizante.

ABÚTUA: Nome científico: "Chododendron Platyphyllum"
A raiz e o tronco são as partes usadas. Muito útil nas dificuldades da menstruação atrasada, cólicas e nas febres intermitentes.

ABSINTO: Nome científico: "Artemisia absinthum"
Um ótimo estimulande, em pequenas doses. Ameniza a anemia e descarrega a bílis. Uma boa receita é fazer um chá com hortelã e canela. Evitar na gravidez e na lactação, é emenagogo.

ACACIA: Nome científico: Acácia Horrida, Acácia Senegal
A Acácia pertence à família das Leguminosas Mimosídeas. Seus ramos são fortes e suas flores muito perfumadas. É através de incisões no tronco dessa planta, originaria da África do Sul, que se extrai a goma arábica, uma substância densa e pegajosa. A Acácia é recomendada para o tratamento de problemas intestinais, queimaduras, sendo indicada ainda para uso veterinário, uma vez que constitui um excelente remédio para nefrite canina.

AGONIADA: Nome científico: "Plumeria lancifoliata"
Calmante das histerias, ameniza cólicas, menstruações dificeis e dolorosas e febres intermitentes. Substitui o quinino.

AGRIÃO: Nome científico: "Sisymbrium nasturtium"
Com enxofre em grande quantidade é um ótimo anti-caspa, diminui e queda de cabelos, é também um tônico estimulante, cicatrizante, depurativo, anti-inflamatório, descongestionante, digestivo, diurético e antiescurbútico.

ALCACHOFRA: Nome científico: "Cynara sculymus"
Ótimo diurético e eliminador do ácido úrico, reumatismo, atua nos distúrbios hepáticos e digestivos, aumenta a secreção biliar e faz baixar a pressão arterial. Evitar na lactação.

ALCAÇUZ: Nome científico: "Glycyrhiza glabra"
De sabor adoçicado, é emoliente empregado na bronquite e tosses crônicas.

ALECRIM: Nome científico: "Rosmarinus officinalis"
Muito útil da debilidade cardíaca, é excitante do coração e do estômago. Combate a flatulência, males do fígado, rins e intestinos. O chá é bom para combater a tosse, asma, gripe. Em banhos alivia o reumatismo e cura feridas. Dose normal: De 5 a 10 gr. por litro. Uma outra propriedade importante do alecrim é a de estimulante, dando força e vigor às pessoas com fraqueza e exaustão devido a atividades físicas e intelectuais.

ALFAFA: Nome científico: "Medicago sativa"
Suplemento alimentar, rica em vitamínas (K), minerais, contém potássio, magnésio, fósforo e cálcio. Age nas anemias e hemorragias. Revigorante nos casos de fadiga e alimentação insuficiente.

ALFAVACA: Nome científico: "Occimum basilicum"
Tem poder antisséptico, cura feridas e hematomas. A INFUSÃO forte pode ser usada em gargarejos e bochechos contra dor de garganta, mau hálito e aftas. Serve ainda contra queda de cabelos (deixe agir por cinco minutos e enxágue). É uma planta herbácea.

ALFAZEMA: Nome científico: "Lavandula officinalis"
Poderoso antisséptico, cicatrizante, estimula a circulação periférica, anti-depressiva, sedativa e analgésica. É ainda desodorante, purificante e ótimo repelente de insetos. A alfazema é indicada para os casos de nevralgia, excitação nervosa, insônia, vertigens, laringites, entre outras aplicações.

ALGODOEIRO: Nome científico: "Gossypium herbaceum"
A parte usada é a casca da raiz recente e tem propriedade diurética e emenagoga. Ameniza cólicas e dores do parto. Deve ser evitada na gravidez.

ALHO: Nome científico: "Alium sativum"
Poderoso depurativo do sangue, é expectorante, antiséptico pulmonar, antinflamatório, antibacteriano, tônico, vermífugo, hipoglicemiante, antiplaquetártio, antioxidante, diminui o colesterol e a viscosi-dade sanguínea. É altamente indicado em diabetes, hipertensão, bronquites, asma e gripes.

ALTEIA: Nome científico: Althaea Officinalis
Suas flores possuem cinco pétalas e as folhas são ovais, cobertas por uma lanugem prateada que dá a elas uma coloração prata. É também conhecida como malvaísco ou malvarisco. A Altéia pode ser usada como laxante, calmante, diurético e expectorante. Esta planta se adapta bem a terrenos úmidos e pantanosos.

AMEIXEIRA: Nome científico: "Prunus Doméstica"
Tanto as folhas como o fruto, servem para soltar o intestino e regularizar as funções digestivas. Como consequência melhoram a pele.

AMOREIRA: Nome científico: "Morus Nigra"
As folhas são empregadas no combate ao diabetes, pedras nos rins e limpar a bexiga. Recentemente descobriu-se ser util na reposição hormonal.

ANDIROBA: Nome científico: "Carápa guaiananensis"
Semente amazônica que serve como repelente e como reconstituite celular da derme, eliminando inflamações e dores superficiais. Tem ação purgativa na eliminação de vermes.

ANGÉLICA: Nome científico: "Angelica Officinalis"
Planta aromática procedente do Hemisfério Norte. Muito indicada no trato digestivo e na insuficiência de suco gástrico e problemas estomocais. Não é recomendado a diabéticos. A Angélica é indicada, principalmente, para problemas estomacais e também como expectorante.

ANIZ: Nome científico: "Pimpinella anisum"
A semente de aniz favorece as secreções salivares, gástricas e a lactação. É indicado em dispepsias nervosas, enxaquecas de origem digestiva, cólicas infantis, deficiências cardiovasculares (palpitações e angina), asma, espasmos brônquicos e aumenta o leite materno. EVITE USO PROLONGADO, pode causar intoxicação e confusão mental.

ARNICA: Nome científico: "Arnica do Campo"
Poderoso antinflamatório, tônico estimulante, antisséptica e analgésica. Um fitocom-plexo que bloqueia a inflamação causada por traumatismos e reabsorve as células necróticas. Indicado em contusões, entorses, hematomas e traumatismos, flebites, furúnculos e até mesmo afecções bucais.

APERTA RUÃO/PIMENTA DE FRUTO GANCHOSO: Nome científico: "Piper aduncum"
Diurético, adstringente e tônico digestivo. A raiz em uso externo combate a Erisipela.

PÁGINA SEGUINTE



Subir

PARA VOLTAR Á PÁGINA PRINCIPAL:  Frutas do Brasil