Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z
    
    

Ervas Medicinais:


Informações:

ERVAS MEDICINAIS DE A a Z

Ervas Medicinais de A a Z:



CAPIM CIDRÃO: Nome científico: "Cymbopogon citratus"
Originária da Índia, é sedativa, analgésica e anti-térmica, promove uma diminuição da atividade motora e aumenta o tempo de sono. Combate o histerismo e outras doenças nervosa.

CARDO SANTO: Nome científico: "Cirsium vulgare"
Tônico amargo, adstringente, diurético, expectorante e antisséptico. Indicado em problemas gástricos, indigestão, asma e catarro nos brônquios.

CAROBINHA: Nome científico: "Jacarandá copaia"
Um dos melhores depurativos do sangue, contra sífilis, doenças de pele, doenças reumáticas e amebas intestinais.

CARQUEJA: Nome científico: "Baccharis triptera"
Exerce ação benéfica sobre o fígado e intestinos, limpa as toxinas do sangue, além de ser um ótimo hipoglicemiante. Indicado em casos de gastrite, má digestão, azia, cálculos biliares e prisão de ventre.

CASCARA SAGRADA: Nome científico: "Rhamnus purshiana"
Forte laxante, que reestabelece o tônus natural do cólon do intestino e normaliza as funções do intestino.

CASTANHA DA INDIA: Nome científico: "Aesculus hippocastanum"
Excelente tônico circulatório, isso é percebido 15 a 30 minutos após sua ingestão, amenizante a dor nas pernas e costas. Ativa a circulação, prevenindo acidentes vasculares.

CATUABA: Nome científico: "Erytroxylon catuaba"
Afrodisíaco e tonificante, contém um alcalóide semelhante a atropina, que opera lentamente dando energia ao organismo. Indicado em casos de fadiga ou impotência sexual.

CAVALINHA: Nome científico: "Equisetum arvensis"
Anti-inflamatório, adstringente, e revitalizante. Indicado no trato de problema genital e urinário, menstruação excessiva. Age nos brônquios, limpando secreções dos pulmões e do sangue. Repõe o silício perdido no emagrecimento.

CENTELLA ASIÁTICA: Nome científico: "Hidrocotile asiática"
O bioquímico francês Jules Lépine descobriu que esta planta tem um alcalóide que pode rejuvenecer o cérebro, os nervos e as glândulas endócrinas. Os chineses atribuem a ela um valor igual ao ginseng. Com propriedades tonificantes ela normaliza a produção de colágeno e liberando células adiposas. Por isso é tão indicada para terapias de emagrecimento e da pele.

CHAPÉU DE COURO: Nome científico: "Equinodorus macrophyllus"
Depurativo muito conhecido nas terapias de pele, tem efeito laxativo e estimulante da bílis. Pela ação nos rins e fígado reduz o ácido úrico e o reumatismo.

CIPO CABELUDO: Nome científico: "Mikania hirsutíssima"
Indicado em cólicas menstruais, nefrites, reumatismo e inflamações da bexiga.

CIPÓ MIL HOMENS: Nome científico: "Aristolochia brasiliensis"
Estimulante dos rins, fígado e baço, ameniza cólicas intestinais e a febre. Tem ação emenagoga, por isso não é indicado na gravidez. Cura picadas de cobras, ingerindo e aplicando a planta moída sobre o ferimento.

CIPRESTE: Nome científico: Cupressus Semperviens
É uma planta originária do oriente, muito utilizada para ornamentação. Possui um aspecto piramidal, sendo que de suas folhas se extrai um óleo balsâmico, bastante utilizado na indústria farmacêutica. 0 Cipreste, é indicado para problemas como hemorróidas, hemorragias, varizes e reumatísmo. Esta árvore pode chegar a medir até 1 m de altura.

CONFREI: Nome científico: "Symphytum asperrimum"
Ótimo cicatrizante, que não convém ingerir, pois contém propriedades tóxicas. A INFUSÃO forte deve ser usado em COMPRESSAS, para acabar com irritações e espinhas na pele, ajuda na cicatrização de queimaduras e feridas.

CORDÃO DE FRADE: Nome científico: "Leonotis nepetaefolia"
Ótimo diurético, que ameniza dores de estomago e fortelece convalescentes. Dá um bom xarope para tosse e problemas respiratórios.

CRAVO DA INDIA: Nome científico: "Syzygium aromaticum"
Excitante e aromático, alivia dor de dente. Facilita a menstruação.

DENTE DE LEÃO: Nome científico: "Taraxacum officinalis"
Tônico hepático, diurético e depurativo do sangue, age no fígado e nos rins, é indicado para diabéticos. Fortifica os nervos, mas sua ingestão diária não pode ultrapassar três xícaras, sem adoçantes.

DOURADINHA: Nome científico: "Waltherea-douradinha"
Diurético eficiente na dificuldade em urinar, inflamações da bexiga eliminando pedras. Contra problemas pulmonares, bronquite e tosse.

EMBAÚBA: Nome científico: "Cecropia palmata"
Poderoso diurético, que ameniza a pressão e regula as batidas do coração. Não fazer uso contínuo.

EMBURANA: Nome científico: "Torresea cearensis"
Broncodilatador que provoca um relaxamento. Indicado nas manifestações de bronquite, tosse e asma. Ameniza cólicas intestinais e uterinas.

ENDRO: Nome científico: "Anethum graveolens"
Combate ânsias de vômitos, cura inflamações de garganta. Ameniza flatulência, cólicas intestinais e de estômago.

ERVA BALEEIRA/SALICÍNIA: Nome científico: "Cordia verbenácea"
Anti-inflamatória, cicatrizante, tem a propriedade de remover hematomas.

ERVA CIDREIRA: Nome científico: "Melissa officinalis"
Tranquilizante e sedativa, induz ao sono e permite o controle das emoções. Indicada em crises nervosas, taquicardia, histerismo e depressão. O mirceno é o responsável pelo seu papel analgésico, no alívio de dores e da pressão alta.

PÁGINA ANTERIOR..........PÁGINA SEGUINTE



Subir

PARA VOLTAR Á PÁGINA PRINCIPAL:  Frutas do Brasil