Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z   Ervas Medicinais de A a Z
    
    

Ervas Medicinais:


Informações:

ERVAS MEDICINAIS DE A a Z

Ervas Medicinais de A a Z:



LUPULO/FLOR: Nome científico: "Humulus lupulus"
A lupulina, um pó dourado que cobre as flores é um poderoso sedativo e hipnótico, indicado em casos de insônia. É ainda digestiva e antibiótica.

MACELA/FLOR: Nome científico: "Achyzocline satureoides"
Planta aromática com inflorescências usadas em travesseiros com finalidades calmantes. Em chá é indicado para problemas digestivos, azia e para acalmar cólicas abdominais.

MALVA: Nome científico: "Malva sylvestris"
A Malva é utilizada, por muitas pessoas, como verdura, fazendo parte da salada. Muito indicada para problemas respiratórios, favorece a cicatrização e processos gastrointestinais, com benefícios à pele.

MAMICA DE CADELA: Nome científico: "Zanthoxylon rhoifolium"
Indicado contra problemas de pele, contra picadas de insetos e cobras.

MANJERICÃO: Nome científico: "Ocimum basilicum"
Digestivo que elimina gases.

MARACUJÁ: Nome científico: "Passiflora alata"
A Passiflora tem ação tranquilizante, antiespasmódica e diurética. Indicada em dores de cabeça de origem nervosa, ansiedade, perturbações nervosas. Contra-indicado em pressão baixa.

MARAPUAMA: Nome científico: "Ptychopetalum olacoides"
De origem amazônica é afrodisíaco. Seu alcalóide, tem ação estimulante do sistema nervoso central, é anti-depressivo e é indicada em casos de esgotamento físico e impotência sexual.

MARROIO: Nome científico: Marrabium Vulgare
Apesar do que sugere seu nome científico (Marrabium Vulgare), não é uma planta muito comum, mas pode ser encontrada principalmente em campos incultos, localizados em zonas mais quentes e secas. Em função de seus principios ativos (ela contém ácido gálico, marrubina e óleo etéreo), o Marroio, que é uma planta herbácea (erva), possui propriedades tônicas, expectorantes, antiespasmódicas e digestivas, bem como antissépticas.

MASTRUÇO: Nome científico: "Lepidium sativum"
Depurativo muito empregado em doenças pulmonarias, como pneumonia, bronquite e raquitismo. Tira hematomas e cura feridas.

MELISSA: Nome científico: Melissa Officinalis red Calamintha
Suas folhas também são ricas em glândulas de óleo. É originária da América do Norte e sul da Europa. Suas propriedades são conhecidas desde a Grécia antiga quando era cultivada nos jardins, pois atribuía-se a ela a capacidade de fortalecer o coração e o cérebro. A conhecida Água de Melissa, hoje vendida em farmácias, foi desenvolvida há séculos pelos Cannelitas franceses. Esta água serve como calmante e antiespasmódico, uma de suas maiores propriedades. A Melissa é ainda muito empregada para combater distúrbios de origem nervosa, hepática e nevrálgica, do aparelho digestivo e intestinal. Ela também é conhecida como erva-cidreira-verdadeira, melitéia, cidrilha e melissa romana.

MIL FOLHAS/NOVALGINA: Nome científico: "Aquiléa millefolium"
Pertencente à família das Compostas, as propriedades terapêuticas desta planta são lendárias. Uma das ervas mais importantes e poderosa da farmacopéia. O chá é bom para baixar febre, aliviar dores, reumatismo, varizes, insônia, pressão alta, má circulação, males do estômago e fígado. A infusão forte transformada em cubos de gêlo, deve ser aplicado sobre hemorróidas. Em temperatura morna em banhos de assento contra problemas ginecológicos. Seus frutos são pequenos e amargos.

MORANGUEIRA: Nome científico: "Fragaria vesca"
Contra inflamações dos rins e bexiga, desobstruindo os rins, liberando a urina. Em consequência ameniza a gota, o ácido úrico e reumatismo.

MULUNGU: Nome científico: "Erytrina verna"
Calmante poderoso, analgésico e muito usado em manipulação, contra pressão alta.

NOGUEIRA: Nome científico: "Juglans regia"
O chá das folhas limpa e fortalece o sangue, as nozes são ótimo alimento para os nervos, cérebro e crescimento. Embeber os cabelos em infusão das cascas das nozes escurece os cabelos brancos. De suas raizes ainda é possível extrair um suco que é diurético e laxativo e de seus folhas um remédio bastante eficiente para o combate da leucorréia.

NÓZ MOSCADA: Nome científico: "Myristica fragans"
Digestiva e anti-reumática, muito utilizada contra pressão alta.

OLIVEIRA: Nome científico: "Olea europaea"
Estimulante do apetite, o chá das azeitonas também são usado para subir a pressão, dilata as veias, desinflama a boca e garganta.

PALMA CHRISTY: Nome científico: "Ricinus comunis"
Famoso laxante de onde se origina o óleo de rícino.

PARIETÁRIA: Nome científico: "Parietária officinalis"
É uma planta pertencente à família das Mirtáceas, muito rica em salitre, que desde os tempos mais antigos é utilizada para combater problemas nas vias urinárias. Usada em males dos rins, inflamações da bexiga, dissolve cálculos e alivia dores.

PARIPAROBA/JAGUARANDI: Nome científico: "Piper umbellatum"
Polivalente, age contra resfriados e asma e também contra os males do figado e baço, aliviando azia, úlceras e hemorróidas. Mastigar a raiz alivia dor de dente.

PATA DE VACA: Nome científico: "Bauhinia forficata"
Poderoso hipoglicemiante, indicado em diabetes e elefantíase, com muito sucesso.

PAU PRA TUDO: Nome científico: "Cinamodendron axilare"
Afrodisíaco, muito indicado contra diabetes.

PÁGINA ANTERIOR..........PÁGINA SEGUINTE



Subir

PARA VOLTAR Á PÁGINA PRINCIPAL:  Frutas do Brasil