Jatobá      Propriedades do Jatobá      Jatobá      Propriedades do Jatobá      Jatobá
Frutas do Brasil


Informações:

JATOBÁ

Fruta: JATOBÁ - Vitaminas do Jatobá - Propriedades do Jatobá - Cultivo:
O Jatobá é o fruto do jatobazeiro. O Jatobá (Hymenaea courbaril L.) é uma Fabaceae- Caesalpinioideae, distribuída por quase todo o Brasil.
O jatobá é popularmente conhecido como burandã, farinheira, jataí, jutaí, jataíba, jataiba-peba, jataíba-uva, jataúba, juteí, jataí-amarelo, jataí-vermelho, jatal, jati, jassaí, jatobá de anta, jatobá de porco, jatabá trapuca, jetaí, jetaíba, jupiti, jutaí-açu, árvore-copal-do-Brasil, abotii-timbaí e jataici.

O jatobazeiro pode alcançar 30 m de altura e 1,5 m de diâmetro, é uma planta hermafrodita e alógama, suas folhas têm dois folíolos brilhantes de 6 a 14 cm de comprimento.

O Jatobá é um legume indeiscente, de casca bastante dura, apresentando endocarpo carnoso, comestível, geralmente tem três sementes, podendo chegar à 6, de 2 a 3 centímetros e é preenchido por um pó amarelado de forte cheiro, comestível, com grande concentração de ferro, indicado para anemias crônicas.

O jatobazeiro frutifica 4 anos após o plantio, a colheita é feita diretamente da árvore, quando inicia sua queda espontânea ou recolhidos no chão após a queda.

Utilizado na medicina popular para fazer chá contra gripe, bronquite, catarro no peito, diarréia, vermes, fraqueza, cólicas, infecções na bexiga, para ajudar na digestão, para lavar ferimentos, para irritações vaginais, no tratamento de câncer de próstata, fortalecimento das vias respiratórias superiores e aparelho cardio-vascular e muitas outras. Para tanto é necessário conhecimento para usar sua seiva, folhas, sementes, casca, óleos essenciais e a polpa.

O jatobazeiro possui uma madeira dura e pesada, muito utilizada na construção civil, para reflorestamento de áreas degradadas, paisagismo, etc.
O Jatobá cresce naturalmente em solos secos, com pouca umidade e, também de baixa fertilidade, resiste a geadas, mas para o cultivo prefere solos arenosos, profundos e bem drenados. O cultivo é feito por sementes, em pleno sol, que germinam de 15 a 40 dias. O espaçamento recomendado é 12 x 12 metros, adubar com composto orgânico.

A farinha do jatobá é utilizada em receitas de biscoitos, bolos, pães, doces, sorvetes, geléias, licores e mingaus.
Voltar para o índice de Frutas exóticas