O QUE COMER ANTES E DEPOIS DE TREINAR

Jamais malhe de estômago vazio, o café da manhã é essencial para para quem gosta de malhar e ficar com ótima saúde.

As dicas abaixo do que você pode e não pode comer, valem para quem não quer ganhar peso ao fazer exercícios físicos.

Antes de treinar você deve consumir alimentos que que dão energia, de fácil digestão, proteínas que sejam rapidamente absorvidas pelo organismo.

Depois de treinar ingerir alimentos que ajudem a recuperar os nutrientes perdidos com a malhação, consuma carboidratos e proteínas que aceleram a recuperação do organismo.

Você pode comer um lanche antes, com pão integral, cereal integral e frutas, como manga, banana, abacate e uva

Alimentos como o Leite, Iogurte, queijo, carne, ovo, feijão e outras fontes de proteínas (“alimentos pesados”), não devem ser consumidos próximos ao horário de malhar, pois tem lenta digestão. Evite alimentos gordurosos.

A hidratação antes e depois de treinar também é muito importante, aposte no suco de frutas.

Antes de começar um plano de exercícios físicos, procure um nutricionista que avaliará suas condições de saúde e lhe fornecerá um cardápio personalizado para que você possa malhar com total segurança.

Após malhar você pode consumir carboidratos: Arroz, Macarrão, Batata, Mandioca, Milho, Mandioquinha, Cará ou Inhame, Pão Francês, Biscoitos, Frutas e suco de frutas, Espinafre, Brócolis, Couve-Flor e outros legumes, Peixe ou Carne de Frango. Estes alimentos são indispensáveis ao nosso organismo.

ANTES DE MALHAR:

Antes de treinar o ideal é consumir 1 hora antes, alimentos de fácil digestão e ricos em carboidratos, tais como: Banana; Suco de frutas; Biscoitos (água e sal); água de coco, pão integral, barra de cereais, queijo magro.

DEPOIS DE MALHAR:

Depois de malhar o ideal é consumir em até 2 horas após o treino, alimentos ricos em carboidratos e proteínas. A hidratação é muito importante.
Um sanduíche light com queijo branco e peito de peru, granola, e vitamina de frutas seria o ideal.

Dica:

Estes alimentos são recomendados para antes e depois dos exercícios físicos, mas não substitui a refeição normal requerida pelo seu organismo que deve ser avaliada por um profissional.

Não tome nenhum medicamento, mesmo que natural, sem antes consultar um médico.