Pitaia      Propriedades da Pitaia      Pitaia      Propriedades da Pitaia      Pitaia
Frutas do Brasil


Informações:

PITAIA

Pitaia
Fruta: PITAIA - Vitaminas da Pitaia - Propriedades da Pitaia - Cultivo:
Conhecida como fruta-do-dragão, em virtude de sua casca irregular e dos gomos escamosos.

A Pitaia, ou Pitaya também é cultivada no Brasil, nativa da América do Sul, é típica na região sul do México.

São três variedades de Pitaia, diferentes em sua cor externa e interna:

1) Hylocereus polyrhizus possui camada externa rosa, e branca em sua parte interna.
2) Hylocereus megalanthus com a camada externa rosa e a parte interna é vermelha.
3) Selenicereus undatus, a camada externa é amarela e tem a parte interna branca.Todas as variedades tem sua polpa gelatinosa com sabor parecido com a do Kiwi bem adocicado.

A Pitaia é da família de cactos, fruta coberta por espinhos, sua produção vem crescendo constantemente no Brasil, seu cultivo é relativamente simples, não muito exigente em solos, mas necessita irrigação semanal, planta-se por estaquia, presas em mourões, e logo no primeiro ano já inicia-se a produção dos frutos, porém é necessário a plantação de variedades diferentes ou de mudas de outros pomares (não clones) para que haja polinização cruzada e naturalmente vai ocorrer o vingamento dos frutos.

Nota-se que a flor da Pitaia abre somente uma noite, o tempo único para a devida polinização, as flores são brancas com nomes de Flor-da-Noite ou Dama da Lua.

O mais difícil é controlar as pragas que costumam acontecer na época da frutificação, inclusive pássaros e insetos podem danificar os frutos.

As propriedades da Pitaia trazem inúmeros benefícios ao nosso organismo.

São ricas em vitamina A e C, protegem a mucosa gástrica, excelente para quem sofre de gastrite, mas observe quanto você ingere pois as sementes tem efeito laxativo, bom para quem sobre com prisão de ventre.

Estas sementes contêm 50% de ácidos graxos essenciais (ômegas 3 e 6), um tipo de gordura boa capaz de evitar doenças cardiovasculares.

Inclusive o talo contém substâncias benéficas para quem tem doenças renais, contém propriedades antioxidantes que previnem os radicais livres, fortalecem a imunidade de nosso organismo.

A pitaia de casca vermelha, particularmente, são grande fonte de Vitamina A e C, são ricas em ferro.

A vermelha tem a antocianina, um oxidante, e a branca tem alicina, que vai diminuir o colesterol do sangue. Ela também contém as vitaminas B1, B2 e B3, um pouco de vitamina C, fibra alimentar não digestivel, cálcio, ferro, fósforo e potássio.

Esta fruta colabora na manutenção dos ossos, dentes, músculos e no aumento de glóbulos vermelhos.

Possui propriedades termogênicas que ajudam na queima de gordura, a Pitaia ajuda a inibir a obesidade, pois consumida, dá a sensação de que esta saciado, sem vontade de comer, pois absorve o açucar e a gordura do sangue transformando-os em energia ativando o metabolismo.

Pitaias amarelas são ricas em fibras e minerais, principalmente zinco e ferro.

Cada 100 gramas da fruta contém apenas 50 calorias, e além destes benefícios comer regularmente ameniza doenças crônicas do sistema respiratório e na queima de gorduras.

Com tantas propriedades seus benefícios não param por aí, na culinária pode-se fazer em calda, em saladas, sobremesas, sucos, xaropes, geleias, sorvetes, iogurtes, compotas, tortas, doces, coquetéis e de suas flores, vinhos, sucos e chás. Vale lembrar que o mais famoso da lista é o sorvete de Pitaia, que é uma delícia.
Voltar para o índice de Frutas exóticas