Propriedades das Ervas Medicinais      Propriedades da Frutas      Propriedades das Ervas Medicinais      Propriedades da Frutas
    
    

ERVAS MEDICINAIS:





Veja também:



























Informações:

PROPRIEDADES DAS ERVAS MEDICINAIS
Veja abaixo as principais propriedades das Ervas Medicinais:


ADSTRINGENTES:
São as que contraem os tecidos. Combatem doenças inflamatórias da boca, garganta, intestinos ou orgãos genitais.
Ervas: agrião, aperta-ruão, aroeira, barbatimão, bolsa-de-pastor, buranhém, chicória, cipó-chumbo, óleo de eucalipto, jaca, jatobá, jequitibá, maça, mil-em-rama, Óleo de Alho, romã, açoita-cavalo, álamo, avenca, begônia, caqui, chorão, cambuí, casca-de-anta, casca-de-cedro, cipó-escada, guabiroba, goiabeira, marmeleiro, nogueira, rosa, sempre-viva, videira (folhas).

ANTISSÉPTICAS:
São as que desinfetam, inibem a proliferação das bactérias.
Ervas: alecrim pimenta, alfavaca-cravo, alfazema, calêndula, cardo mariano, lingua-de-tucano, angelicó, coerana, óleo de eucalipto, óleo de alho, espinheira-santa.

APERIENTES:
São as que estimulam o apetite.
Ervas: alecrim, boldo-do-chile, carqueja, manjerona, gengibre, losna, alfazema, arruda, anis, avenca, cambuí, casca-de-anta, cipó-cravo, cipó-mil-homens, cordão-de-frade, dente-de-leão, funcho, gervão, hortelã, jatobá, limão, quebra-pedra, quebra-tudo, paratudo, pau-amargo, salsa, tinguaciba, vinagreira.

BÉQUICAS:
São as que combatem a tosse. Geralmente são broncodilatadoras.
Ervas: agrião, alecrim, alfavaca, alfazema, avenca, cambará, cravo-da-índia, douradinha-do-campo, erva-cidreira, hortelã, jaca, jatobá, limão, língua-de-vaca, maçã, madressilva, malva, manjerona, margarida, gervão, poejo, rabo-de-arara, rainha-da-noite, saudades, tuna, umbaúba, vassourinha, verônica, violeta, mel puro.

CALMANTES OU SEDATIVAS:
São as que agem sobre o sistema nervoso, provocando calma ou sono.
Ervas: camomila, capim-santo, capim-cidreira, erva-cidreira, cidrão, erva-cidreira-de-arbusto, morcela, erva-doce, acariroba, agrimônia, malva-cheirosa, maracujá, valeriana; açafrão, alface, alcaçuz, anil, arruda, beijo-de-moça, beladona, chorão, cipó-mil-homens, coentro, cordão-de-frade (cachopa), corticeira, gerânio, mulungu, mandioca (brotos), malva, margarida, papoula, óleo de primoris, óleo de prímula, sálvia, tília, timbó.

CARMINATIVAS:
Quando combatem flatulência (gases) estomacais ou intestinais.
Ervas: abacate, alecrim, óleo de Alho, alfazema, alfavaca, ananás, angélica, anis, artemísia, bambu, baunilha, boldo-do-chile, camomila, capim-cidreira, cambará, canela, sassafrás, casca-de-anta, cidra, coentro, cominho, dorme-dorme, endro, erva-doce, erva-cidreira, erva-de-são-joão, espinheira-santa, funcho, gengibre, hortelã, losna, louro-preto, louro, manjerona, manjericão, erva-de-são-joão, mil-em-rama, pacová, paracari, pau-amargo, pariparoba, picão, pimenta, poejo, quebra-pedra, quitoco, quássia, amora, salsa, salva, erva-dos-gatos, aniz-estrelado, carubá, cipó-cravo, criptocária, fel-da-terra, fruto de bicuiba, garaná, laranjeira-da-terra, laranjeirinha-do-mato, noz-moscada, tinguaciba, uva-do-mato.

DEPURATIVAS:
Quando purificam o sangue, retiram substâncias tóxicas, eliminadas através da urina.
Ervas: agrião, amor-perfeito, angélica, batata-de-purga, bardana, bolsa-de-pastor, caiapó, cardo-mariano, cipó-suma, carqueja, cerefólio, Panax ginseng, Ginseng-Brasileiro, cotó-cotó, curraleira, canchalágua, carne-de-vaca, caroba, caruru-bravo (raiz), catáia, chapéu-de-couro, cipó-mil-homens, dente-de-leão, douradinha, erva-de-bugre, espinheira-santa, estragão, figo, guaiaco, ipê-roxo, japecanga, lágrima nossa senhora, limão, mangueira (resina), Maracujá, mata-pasto, nogueira, óleo de Primoris, Óleo de Prímula, papo-de-peru, panacéia, pau-ferro, pita, rosa branca, sabugueiro, salsaparilha, sassafrás, serralha-brava, sete-sangrias, taiuiá, tanchagem, tajuba, tarumã, urtiga-vermelha, velame-do-mato.

DESOBSTRUENTES:
As que combatem as obstruções intestinais, hepáticas, etc.
Ervas: abútua, acariçoba, alcaçuz, agrião, gervão, jurubeba, limão, maracujá, pariparoba, salsa, serralha-brava, taiuiá.

DIURÉTICAS:
São as que aumentam a vontade de urinar, favorecem a eliminação da urina.
Ervas: abacateiro, abacaxi, abútua, acariroba, alcachofra, alcaçuz, algodoeiro, anil, aperta-ruão, agrião, alfavaca, alfazema, amor-do-campo, angélica, bananeira-do-mato, bardana, beldroega, begônia, bromil, cabelo-de-milho, cainca, cálamo-aromático, cana-de-macaco, capeba, capim-santo, carnaúba, castanha da Índia, cipó-chumbo, coração-de-jesus, cana-do-brejo, chá-mineiro, capim-cidreira, caité, caroba, carqueja, carrapicho, cavalinha, chapéu-de-couro, cipó-prata, cípó-cabeludo, cipó-cravo, coentro, cominho, congonha-de-bugre, congonha-do-campo, cordão-de-frade, dente-de-leão, douradinha-do-campo, embaúba, erva-de-bicho, erva-de-bugre, erva-de-cobra, erva-mate, erva-pombinha, erva-tostâo, espinheira-santa, estigmas-de-milho, fedegoso, funcho, Garra-do-Diabo, guaiaco, hera-terrestre, imbiri, jatobá, jurubeba, lágrimas-de-nossa-senhora, Jasminium arabicum, louro, louro-prêto, lúpulo, manacá, maracujá, maravilha, óleo de borragem, óleo de alho, orégano, paracari, parietária, pariparoba, parreira-brava, pata-de-vaca, perna-de-saracura, picão, panacéia, picão-da-praia, pipi, picão-da-flor-grande, porangaba, quebra-pedra, sabugueiro, salsa, salsaparrilha, sapé, sete-sangria, tarumã, tília, trapoeraba, trevo-cheiroso, rabanete, rabo-de-arara, unha-de-gato, urtiga, umbaúba, ulmária, urinária, uva-do-mato, uva-ursina, tribulus terrestris, velame-do-mato, verônica, vinagreira.

EMENAGOGAS:
Muitas delas provocam aborto, ou restabelecem a menstruação, exercendo ação benéfica sobre os orgãos genitais femininos, restabelecendo o fluxo menstrual.
Ervas: abútua, agoniada, alfavaca, alfazema, algodoeiro, bambu, barbatimão, cenoura, couve, carapiá, erva-de-santa-maria, joão-da-costa, losna, melão, melão-de-são-caetano, mulungú, pariparoha, salsa, urtiga-branca, açafrão, alecrim-do-jardim, artemísia, avenca, arruda, aristolochia, babosa, beldroega, calêndula, camomila, cardo-santo, cipó-mil-homens, cominho, cordão-de-frade, douradinha, erva-cidreira, erva-santa, espora-dos-jardins, fel-da-terra, funcho, gervão, guiné, hortelã, limão, louro-preto, macela, manacá, maracujá, maria-mole, marroío-branco, papo-de-peru, parreíra-brava, quitoco, salva, taiuiá.

EMÉTICAS:
São as que provocam vômitos. Usam-se para esvaziar o estômago em caso de intoxicação acidental (envenenamento) ou de indigestão.
Ervas: caruru-bravo, ipecacuanha, ásaro, ipecacuanha, condurango, fitolaca.

EMOLIENTES:
São as que amolecem o tecido do corpo, endurecidos por abcessos, úlceras, inflamações, etc.
Ervas: altéia, camomila, óleo de linhaça, malva, vassoura, vassourinha, violeta, araticum (folhas), bananeira-do-mato, batata-doce (as folhas e batata ralada), bolsa-de-pastor, caruru-do-reino (folhas), caqui, cardo-santo, cevada, coerana (folhas), confrei, cambuí, camomila, carrapicho, caruru, celidônia, douradinha, figo, grama (chá), erva-de-santa-maria, erva-grossa, erva-moura, gervão, guaxuma, orapro-nobís, margarida, pariparoba (folhas), pepino, taioba, timbó, trapoeraba, tuna, verbasco, vinagreira, aloe-vera

Não se deve tomar nenhum medicamento, mesmo que natural, sem antes consultar um médico.


Subir

Propriedades Ervas Medicinais 2

PARA VOLTAR Á PÁGINA PRINCIPAL  Clic Aqui